quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O que é Artesanato


Você sabe qual é o significado de artesanato?

Segundo o dicionário artesanato é o próprio trabalho manual ou produção de um artesão (de artesão + ato). Mas com a mecanização da indústria o artesão é identificado como aquele que produz objetos pertencentes à chamada cultura popular.

Já para outros o artesanato não são apenas objetos criados manualmente, são utensílios criados e produzidos com ideias, imaginação, criatividade e fantasia. Qualquer pessoa pode aprender fazer artesanato, basta escolher uma das diversas técnicas e fazer com dedicação e carinho.

Um pouco de sua história

Loja de artesanato urbano, no Porto, em Portugal.Os primeiros objetos feitos pelo homem eram artesanais. Isso pode ser identificado no período neolítico (6.000 a.C.) quando o homem aprendeu a polir a pedra, a fabricar a cerâmica como utensílio para armazenar e cozer alimentos, e descobriu a técnica de tecelagem das fibras animais e vegetais. O mesmo pode ser percebido no Brasil no mesmo período. Pesquisas permitiram identificar uma indústria lítica e fabricação de cerâmica por etnias de tradição nordestina que viveram no sudeste do Piauí em 6.000 a.C.

Historicamente, o artesão, responde por todo o processo de transformação da matéria-prima em produto acabado. Mas antes da fase de transformação o artesão é responsável pela seleção da matéria-prima a ser utilizada e pela concepção, ou projeto do produto a ser executado.

A partir do século XIX, o artesanato ficou concentrado então em espaços conhecidos como oficinas, onde um pequeno grupo de aprendizes viviam com o mestre-artesão, detentor de todo o conhecimento técnico. Este oferecia, em troca de mão-de-obra barata e fiel, conhecimento, vestimentas e comida. Criaram-se as Corporações de Ofício, organizações que os mestres de cada cidade ou região formavam a fim de defender seus interesses.

Com a Revolução Industrial, teóricos do século XIX, como Karl Marx e John Ruskin, e artistas (ver: Romantismo) criticavam a desvalorização do artesanato pela mecanização. Os intelectuais da época consideravam que o artesão tinha uma maior liberdade, por possuir os meios de produção e pelo alto grau de satisfação e identificação com o produto.

Na tentativa de lidar com as contradições da Revolução Industrial, William Morris funda o grupo de Artes e Ofícios na segunda metade do século XIX, tentando valorizar o trabalho artesanal e se opondo à mecanização. Podemos pensar nos índios como os nossos mais antigos artesãos, já que, quando os portugueses descobriram o Brasil, encontraram aqui a arte da pintura utilizando pigmentos naturais, a cestaria e a cerâmica - sem falar na arte plumária, isto é, cocares, tangas e outras peças de vestuário ou ornamentos feitos com plumas de aves. O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo e garante o sustento de muitas famílias e comunidades. O artesanato faz parte do folclore e revela usos, costumes, tradições e características de cada região. Porque ainda as pessoas perdiam mais tempo e tinham menos comida por isso trocavam comida por objetos. A terra era muito fértil, mas para quem tinha terras não cultivava!

"NINGUÉM É TÃO PEQUENO QUE NÃO TENHA ALGO A ENSINAR, NEM TÃO GRANDE QUE NÃO TENHA ALGO A APRENDER." - Blaise Pascal.


 Até o próximo post  Comenta vai  Obrigada 

Estou também nas redes sociais!
  




0 pérolinhas:


My Stick Family from WiddlyTinks.com

click to create your own

Deixe seu comentário e me deixe super feliz!
Tecnologia do Blogger.